estrela maciça que, num estágio avançado de sua evolução, explode, passando repentinamente a brilhar de modo muito intenso...

fevereiro 17, 2005

Péché



Não sabia nada sobre as inovações narrativas que deram origem à nouvelle vague de Jean-Luc Godard, não havia assistido ao clássico Le voyage dans la lune do Georges Mélies, não havia lido nenhuma resenha do François Truffaut na Cahiers du Cinéma, não sabia que os filmes noir e todos os seus detetives, femmes fatales, vilões e conspirações eram influência direta da literatura policial dos anos da Depressão, não havia estudado o realismo poético do Les enfants du paradis de Marcel Carné. O pior: desconhecia completamente a fonética francesa.

Ficava imaginando se teria salvação (ou seria perdão?) neste mundo cult de tantas Estações...

Post Scriptum: Alguém precisa me deter! Já não bastasse o trocadilho cinematográfico infame "Glauber Rocha era um louco de pedra", passo o meu dia pensando que nada é mais coincidente e premonitório do que o deus do cinema mundial ser o GODard! Êta vida boba...

2 Comments:

Anonymous Anônimo said...

maricota, minha escritora predileta!!
mil beijos Carol Col

1:42 PM

 
Anonymous Anônimo said...

Qdo eu li esse post pela primeira vez (sim, eu já li varias vezes!!!) eu me identifiquei tanto tanto tanto q nem prestei atenção nos detalhes... fiquei pensando no frances (lingua excluidora q isola a gente do resto do mundo Ecoino!)e, pior, pensando em como eu ainda nao tinha aprendido nada sobre o q vc escreveu.. lia os nomes e pensava "ih, já ouvi falar disso"!! hehehe!!!
O PS é a sua cara.. nem precisa comentar. E os detalhes q eu só reparei depois, tipo o Estações, são mto bons tbm...
Mas esse texto me fez pensar... foi catarse de algo eu senti e (percebi agora) não sinto mais. Intelectualoidismo (!) não me assusta mais! ÊÊÊÊÊÊ!!! Nem a vc, pelo visto...
Bjos da menina q tem como unica ocupação escrever aqui (hahaha)
ps: tá grande q é pra compensar a demora, tá? e tbm pq eu gosto mto desse texto... + bjos, luiza

11:30 PM

 

Postar um comentário

<< Home